A canção romântica no Brasil dos "anos de chumbo" - Heloísa de Araújo Duarte Valente

R$32,00

Conheça nossas opções de frete

Título: A canção romântica no Brasil dos "anos de chumbo": Paisagens sonoras e imaginário na cultura midiática
Organizadora: 
Heloísa de Araújo D. Valente
Ano: 2018
Preço: R$ 32,00
ISBN: 978-85-93467-13-4
Formato 14x21 cm, 144 páginas

 

Sinopse _

O ideário da Itália acolhedora e alegre, do Mediterrâneo ensolarado e sensual, alastra-se mundialmente há séculos, fascinando o imaginário do cidadão comum. No Brasil, ele se estabeleceu com as tradições trazidas pelos imigrantes, fomentado pelo turismo e pela cultura do entretenimento. Componentes de natureza musical, aqui, têm papel predominante. Os exemplos das canções italianas, sejam elas de natureza popular-urbana ou mesmo a ópera, na mídia, revelam-se como elemento privilegiado de análise, que pode responder a questões de natureza diversa. Foi buscando esses fragmentos de imaginário, esboçados em música, que a pesquisa que deu origem a este livro se desenvolveu: memórias de ouvintes, matérias jornalísticas, roteiros de programa radiofônicos, catálogos de gravadoras...

Além das canções trazidas pelos imigrantes, há cerca de cem anos, a chamada canção romântica italiana teve forte presença nas décadas de 1960/1970, período em que a indústria fonográfica teve seu apogeu. Vendeu muitos discos. Apesar disso, parece ter sido olhada de soslaio pela crítica. Nos "anos de chumbo", todas as atenções voltavam-se para a canção de protesto e para o Tropicalismo. Nessa mesma época, também o sambão-joia dominou a paisagem sonora, sendo sucesso de vendas. Tido como kitsch,

e gosto duvidoso, parece não ter sido acolhido pela intelligentsia.
A presente obra escolheu estudar, justamente, estas canções de natureza romântica, preteridas no âmbito dos estudos acadêmicos. Algumas chaves de leitura, aqui propostas, apontam para as poéticas criativas, lançando novas possibilidades de interpretação desse repertório que compôs a paisagem sonora do período.

 

Conteúdo _

Prefácio
Marcos Napolitano

Apresentação: Sobre a canção “romântica” do Brasil nos “anos de chumbo”
Heloísa de A. Duarte Valente

Parlando d’amore: O universo musical de Dick Danello
Heloísa de A. Duarte Valente

Hit parade: O acervo pessoal de Dick Danello e o cenário musical dos anos 1965-1971
Raphael Fernandes Lopes Farias

Nel Rio dipinto di blu: A presença da música italiana na década de 1960 no Rio de Janeiro
Leonardo Corrêa Bomfim

Aspectos ideológicos das canções italianas veiculadas, no Brasil, nos “anos de chumbo”
Denise Durante e Rodrigo Vicente Rodrigues

Tendências criativas nas capas de discos do Festival de Sanremo
André Novaes de Rezende e Edson P. Pfutzenreuter

Você abusou… Territorialismo e movência num samba em opus dois
Yuri Behr

“Você é culpada do meu samba entristecer”: Benito di Paula e a opção pelo samba romântico
Adelcio Camilo Machado

Referências

Sobre os autores

 

Sobre a organizadora _

HELOÍSA DE ARAÚJO DUARTE VALENTE é doutora em Comunicação e Semiótica (PUC-SP), com estágio junto à Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais (EHESS, Paris) e pós-doutoramento junto ao Departamento de Cinema, Rádio e Televisão (CTR/ECA-USP). Coordenadora do Centro de Estudos em Música e Mídia (MusiMid). Docente titular junto ao Programa Pós-Graduação e Cultura Midiática da Universidade Paulista (UNIP), e colaboradora junto ao Programa de Pós-Graduação em Música da Universidade de São Paulo (PPGMUS).

Compartilhar: