Micro-história, um método em transformação - Maíra Vendrame e Alexandre Karsburg

R$44,00

Título: Micro-história, um método em transformação
Organizadores: Maíra Vendrame e Alexandre Karsburg
Ano: 2020
Preço: R$ 44,00
ISBN: 978-65-86903-01-0
Formato 16x23, 368 páginas

 

_ Sinopse _

A micro-história é um método que se transformou ao longo dos últimos anos, resultado de uma dinâmica que envolve novas fontes, novos problemas, mas também os desafios colocados recentemente pela abordagem da Global History. Os autores presentes neste livro – alguns traduzidos e publicados pela primeira vez no Brasil – evidenciam o encontro positivo entre micro-história e a história global, gerando debates acerca da relação entre as escalas e das concepções diferentes de espaço e contextos, que propiciaram o aparecimento de novos caminhos de pesquisa e interpretações inovadoras do passado.

 

Conteúdo _

Apresentação
Luis Augusto Farinatti e Tiago Gil

Introdução
Os organizadores


PARTE I

Micro-história e história global
Giovanni Levi 

Método da história e ciências sociais: Para uma micro-história aplicada
Giovanni Favero

Forma, tensão e movimento: A plasticidade da história
Maurizio Gribaudi

A produção histórica dos lugares
Angelo Torre

Por uma micro-história translocal (micro-spatial history)
Christian G. De Vito

Microglobal history: Agência, sociedade e pobreza da história cultural pós-estrutural
Jesus Bohorquez


PARTE II

A herança móvel
Renata Ago 

Carreiras em movimento: Mobilidade profissional e acesso ao trabalho em uma cidade do Antigo Regime (Roma, séculos XVII-XVIII)
Eleonora Canepari

Da trajetória política à biografia: Descaminhos de um bastardo candidato a rei de Portugal
Jacqueline Hermann

Viver de favor em terras alheias: Trajetórias de indivíduos e grupos de egressos do cativeiro (Minas Gerais, século XVIII)
Mônica Ribeiro de Oliveira

Vulnerabilidades cruzadas: Arranjos de co-dependência, segurança e trabalho entre ex-escravos e seus senhores precários (Brasil, século XIX)
Henrique Espada Lima

“Molliamo tutto e ce ne andiamo a vivere in Brasile!”: Trajetórias de imigrantes italianos em São Paulo
Ana Silvia Volpi Scott e Maria Silvia C. B. Bassanezi

Detetives policiais, jornalistas e moedeiros falsos na América do Sul dos anos 1910
Diego Galeano 

Micro-história e uma análise da relação entre a população e a justiça criminal
Deivy Ferreira Carneiro


PARTE III

Os andarilhos do bem, cinquenta anos depois
Carlo Ginzburg

Entrevista com Maurizio Gribaudi
Maria Inês Vendrame


Sobre os autores

 

Sobre os organizadores _

MAÍRA INES VENDRAME é professora do Programa de Pós-Graduação em História da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Graduou-se em História Licenciatura Plena pelo Centro Universitário Franciscano (2004).  É mestre e doutora em história pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS, 2013), com estágio doutoral (PDSE/CAPES) na Università degli Studi di Genova (2012). Foi professora colaboradora e bolsista PNPD/CAPES no Programa de Pós-Graduação de História da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Autora dos livros: “Lá éramos servos, aqui somos senhores”: a organização dos imigrantes italianos na ex-Colônia Silveira Martins (1878-1914) (2007) e O poder na aldeia: redes sociais, honra familiar e práticas de justiça entre os camponeses italianos (Brasil-Itália). Sua pesquisa de doutorado foi vencedora do prêmio ANPUH-RS (2015) de teses.

ALEXANDRE KARSBURG é professor e historiador. Possui doutorado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ, 2012), mestrado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS, 2007) e graduação em História Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM, 2004). Foi bolsista PNPD/CAPES na Universidade Federal de Pelotas (2013-2016) e na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2017-2019). É autor do livro O Eremita das Américas (2014), obra que serviu de inspiração para a elaboração do documentário A Maravilha do Século (2019), longa-metragem que conta a trajetória do eremita italiano Giovanni Maria de Agostini pelas três Américas no século XIX.

Compartilhar: