A ditadura aconteceu aqui: A história oral e as memórias do regime militar brasileiro - Carolina Dellamore, Gabriel Amato e Natália Batista (org.)

25% OFF
R$38,00 R$28,50
Cálculo de frete:

Título: A ditadura aconteceu aqui: A história oral e as memórias do regime militar brasileiro
Organizadores: Carolina Dellamore, Gabriel Amato e Natália Batista (org.)
Ano: 2017
Preço: R$ 38,00
ISBN: 978-85-93467-06-6
Formato 16x23 cm, 280 páginas 

* Produto em pré-venda. Postagem a partir de 25 de setembro de 2017

 

_ Sinopse _

Este livro propõe-se a construir narrativas historiográficas capazes de conformar uma história social das memórias da ditadura por meio da história oral. Aqui, as narrativas pessoais — resultantes de um trabalho rememorativo feito no presente, a partir da relação estabelecida entre entrevistador e entrevistado, num diálogo interativo que possibilita que conteúdos da memória sejam evocados e organizados verbalmente — são tomadas como objeto de estudo. Isso significa dizer que elas não são reificadas, mas tampouco são ignoradas ou tratadas como inverdades. Diferentes grupos sociais — mulheres militantes, artistas, operários, militares, estudantes universitários, familiares de mortos e desaparecidos, militantes dos movimentos negros, moradores das regiões de guerrilha, moradores das agrovilas da Transamazônica, populações indígenas, anarquistas, pessoas LGBT+, presos políticos — são contemplados, de modo a sublinhar a diversidade das memórias sobre a ditadura. Em conjunto, eles erigem, nas palavras de Marcos Napolitano no prefácio da obra, a "matriz essencial da experiência histórica aqui analisada: o sofrimento das pessoas de carne e osso que, pelos depoimentos, partilharam seu tempo vivido com os pesquisadores e, agora, com os leitores deste livro".

 

Conteúdo _

Prefácio 
Marcos Napolitano

Introdução: Por uma história social das memórias da ditadura
Carolina Dellamore, Gabriel Amato e Natália Batista

 

PARTE I - A POLIFONIA DAS MEMÓRIAS DA DITADURA

Conquistando corações e mentes: As ações cívico-sociais no contexto da repressão à guerrilha do Caparaó 
Plínio Ferreira Guimarães   

Resistência cultural à ditadura: Memórias e narrativas na construção da trajetória do Grupo Opinião 
Natália Batista   

“Legítimos propagadores do racismo negro”? O movimento negro contemporâneo e a luta contra o racismo durante a ditadura civil-militar no Brasil 
Amilcar Araujo Pereira e Agenor Brito dos Santos Neto

Vozes da Transamazônica: Memória e história dos anos Médici nos recônditos da Amazônia 
César Martins de Souza e Janaina Martins Cordeiro

(Re)compondo memórias de um Operário Padrão durante a ditadura militar 
Carolina Dellamore

História e memória das mulheres na Ação Popular (AP) 
Débora Raiza Rocha 

Memórias de rondonista: Lembrando outras maneiras de ser estudante durante a ditadura militar 
Gabriel Amato

As relações entre a política indigenista e a repressão a povos indígenas em Minas Gerais durante a ditadura: Notas sobre a experiência Xakriabá 
Juliana Ventura de Souza Fernandes

Se correr o bicho pega… Repressão policial a gays e travestis nos anos 1970 em Belo Horizonte 
Luiz Morando

Sementes em terreno pedregoso: O anarquismo na ditadura militar brasileira (1964-1985) 
Rafael Viana da Silva


PARTE II - A HISTÓRIA ORAL, OS ESPAÇOS DE ESCUTA E A CONSTRUÇÃO DE ACERVOS

A memória militar: Revisitando uma pesquisa 
Celso Castro

Memórias dos cárceres da ditadura: O projeto de história oral dos presos políticos no Brasil 
Janaína de Almeida Teles

Os familiares de desaparecidos políticos do Araguaia e a CNV: A luta por verdade e justiça 
Deusa Maria de Sousa e Maria Cecília de Oliveira Adão

 

Sobre os autores 

 

Sobre os organizadores _

Carolina Dellamore. É mestra em Memória Social pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). É autora do livro Marcas da clandestinidade: Memórias da ditadura militar brasileira (2011). Pesquisadora do Grupo de pesquisa História Política – Culturas Políticas na História e do Núcleo de História Oral (NHO), ambos da UFMG. Atualmente é doutoranda em História e Culturas Políticas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e bolsista Fapemig.

Gabriel Amato. É mestre em História e Culturas Políticas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É autor do livro Aula prática de Brasil: Ditadura, estudantes universitários e imaginário nacionalista no Projeto Rondon (1967-1985) (2017, no prelo). Atualmente é professor de História no Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG) – campus Betim.

Natália Batista. É mestra em História e Culturas Políticas pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). É autora do livro Nos palcos da História: Teatro, política e “Liberdade, liberdade” (Letra e Voz, 2017). Atualmente é doutoranda em História Social pela Universidade de São Paulo (USP) e bolsista Capes.

Redes Sociais

Newsletter

Formas de pagamento

Formas de envio

Contato

  • (11) 3473-3053
  • letraevoz@gmail.com
  • Rua Doutor João Ferraz, 67 - Belenzinho - São Paulo, SP