Lembrar é agir: Memória, verdade e direitos humanos - Alejandra Estevez

R$45,00

Título: Lembrar é agir: Memória, verdade e direitos humanos
Organizadora: Alejandra Estevez
Ano: 2021
Preço: R$ 45,00
ISBN: 978-65-86903-16-4
Formato 16x23 cm, 392 páginas

 

Sinopse _

Fruto do I Seminário Memória, Trabalho e Direitos Humanos no Sul Fluminense, Lembrar é agir: Memória, verdade e direitos humanos reúne 18 textos que promovem um intercâmbio entre as experiências no campo da memória, verdade e justiça em distintas localidades do país, em especial no estado do Rio de Janeiro. Fazendo-o, o volume contribui para uma reflexão em torno do processo de justiça transicional no Brasil.

 

Conteúdo _

Apresentação

Prefácio
Jessie Jane Vieira de Sousa


PARTE 1: DITADURAS E DIREITOS HUMANOS: UMA PERSPECTIVA CRÍTICA

A violência de Estado nas Ditaduras de Segurança Nacional
Enrique Serra Padrós

Ética e direitos humanos: um olhar a partir do outro
Ozanan Vicente Carrara


PARTE 2: POLÍTICAS DE MEMÓRIA NO BRASIL

Entre políticas de memória e camadas de esquecimento
Lucas Pedretti

Memória e arquivos: onde estão os documentos da ditadura militar brasileira?
Vicente A. C. Rodrigues e Inez Stampa

Arquivos deslocados, histórias refeitas
Christiano Key Tambascia

A privatização da memória: a Companhia Siderúrgica Nacional e os arquivos da ditadura
Julio José Araujo Jr.


PARTE 3: MEMÓRIA E REPARAÇÃO

Reparação: a que(m) será que se destina?
Tania Kolker

Dos ecos do silenciamento ao concerto dos fragmentos: a experiência do Coletivo Filhos e Netos por Memória, Verdade e Justiça na luta pelos Direitos Humanos e contra a violência de Estado no passado e no presente
Coletivo Filhos e Netos por Memória, Verdade e Justiça

Operação Cascas e sua força-tarefa: cartografia da produção de uma narrativa política e artística
Rafael Crooz e Jéssica Kely Soares do Carmo de Castro Silva

Vicente Melo: depoimento

Estrella D’Alva Bohadana: testemunho da verdade


PARTE 4: EXPERIÊNCIAS DE REPRESSÃO E RESISTÊNCIA

A verdade truncada: medo, silêncio e resistência sob a ditadura militar em Petrópolis (1964-1969)
Eduardo Stotz

Conflitos, negociações e desafios no processo de construção de lugares de memória da resistência em Salvador
Priscila Cabral Almeida

Violação de direitos humanos, terrorismo de Estado e ditadura tardia em Volta Redonda e região: o trabalho da Comissão Municipal da Verdade “Dom Waldyr Calheiros” e a luta pelo direito à Memória, à Verdade, e à Justiça
Marcos Aurélio Gandra

O comunismo no sul fluminense no período pré-golpe civil-militar de 1964
Lúcia Maria de Assis e André Rocha Carneiro

Além da fábrica: os impactos do Golpe de 1964 para as famílias operárias no sul fluminense
Alejandra Estevez, Eliana Gonçalves de Souza e Stella Mendes de Castro Reis

Greves e repressão na transição para a democracia: o caso dos trabalhadores da Companhia Siderúrgica Nacional
Sabrina Moura Dias e Bruno Cecílio

História e memória coletiva em Barra Mansa
Ana Paula Poll

Autoras e autores

 

Sobre a organizadora _

ALEJANDRA ESTEVEZ é doutora em Sociologia, mestre em História Social pela UFRJ e pós-doutora pelo Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais (CPDOC/FGV). Trabalhou como pesquisadora na Comissão Nacional da Verdade e na Subcomissão da Verdade na Democracia da ALERJ. Coordena os projetos de extensão “Centro Memória, Verdade e Direitos Humanos no Sul Fluminense” e “Direito à Cidade e a luta por moradia”, bem como integra o programa de extensão Observatório de Direitos Humanos do Sul Fluminense e o Centro de Memória do Sul Fluminense Genival Luiz da Silva. Coordena o projeto de pesquisa da Faperj Comunismo, Trabalho e Repressão no Sul Fluminense. Atualmente é professora adjunta de Sociologia na UFF de Volta Redonda.

 

Compartilhar: