Organizadores: Alexandre de Sá Avelar e Benito Bisso Schmidt
 Ano: 2013
Preço: R$ 34,00
ISBN: 978-85-62959-21-9
Formato 16x23, 248 páginas

 

_ Sinopse _

O vivo interesse por trabalhos biográfiicos – refletindo-se numa pluralidade de públicos, leitores e audiência – talvez exceda a simples lógica de mercado ou os apelos que certos personagens notáveis parecem exercer. Visitado por prof ifissionais de inúmeras áreas, o campo da escrita biográfica é certamente um palco privilegiado de experimentação para o historiador, colocado em meio à tensão entre o aspecto científico e o aspecto literário deste gênero. 

Quando constroem biografias, os historiadores devem estar atentos aos perigos de formatar seus personagens e de induzir o leitor à expectativa ingênua de que ele está sendo apresentado a uma vida marcada por regularidades, repetições e permanências. A narrativa biográfica é uma modalidade de escrita da história profundamente imbricada nas subjetividades, nos afetos, nos modos de ver, perceber e sentir o outro.


Conteúdo _


Apresentação
Marieta de Moraes Ferreira

 

REFLEXÕES TEÓRICAS

O significado das pequenas coisas: História, prosopografia e biografemas
Durval Muniz de Albuquerque Júnior

Espelhos de palavras: Escritas de si, autoetnografia e ego-história
Wilton C. L. Silva

Escrita biográfica, escrita da História: Das possibilidades de sentido
Alexandre de Sá Avelar

 

BASTIDORES DE PESQUISA

Nas pegadas de um leão: notas de pesquisa sobre a vida de Ruy Guerra
Vavy Pacheco Borges

Escrever com imagens, filmar com palavras
Documentário e historiografia: diálogos possíveis
Ana Carolina de Moura Delfim Maciel

 

EXPERIÊNCIAS DE ESCRITA BIOGRÁFICA

Francisco de Lima e Silva na Confederação do Equador: 
Biografia e escrita da História
Adriana Barreto de Souza

De homem a personagem: 
As construções sobre Machado de Assis nas biografias
Daniele Maria Megid

Plínio Marcos e João das Neves: 
Caminhos cruzados, trajetórias, arte e engajamento no Brasil pós-64
Kátia Rodrigues Paranhos

Síndrome de Fonseca: Deslizamentos entre autor e personagem
Aline Andrade Pereira

Gregório Bezerra: O ser camponês e o tornar-se comunista
Hélio de Lena Júnior

“Grades invisíveis para rebentar”: 
Memórias de um militante de esquerda brasileiro 
sobre as prisões argentinas (1975-1979)
Benito Bisso Schmidt

Sobre os autores

 


Sobre os organizadores _

ALEXANDRE DE SÁ AVELAR e BENITO BISSO SCHMIDT são historiadores e professores que têm se dedicado à prática e à refllexão sobre a pesquisa e a escrita biográfica no campo da História. Neste livro, eles reúnem ensaios e pesquisas que mimetizam o próprio ofício do biógrafo, combinando densidade e comunicabilidade, criatividade e rigor.

Grafia da vida: Reflexões e experiências com a escrita biográfica
R$34,00
Grafia da vida: Reflexões e experiências com a escrita biográfica R$34,00

Organizadores: Alexandre de Sá Avelar e Benito Bisso Schmidt
 Ano: 2013
Preço: R$ 34,00
ISBN: 978-85-62959-21-9
Formato 16x23, 248 páginas

 

_ Sinopse _

O vivo interesse por trabalhos biográfiicos – refletindo-se numa pluralidade de públicos, leitores e audiência – talvez exceda a simples lógica de mercado ou os apelos que certos personagens notáveis parecem exercer. Visitado por prof ifissionais de inúmeras áreas, o campo da escrita biográfica é certamente um palco privilegiado de experimentação para o historiador, colocado em meio à tensão entre o aspecto científico e o aspecto literário deste gênero. 

Quando constroem biografias, os historiadores devem estar atentos aos perigos de formatar seus personagens e de induzir o leitor à expectativa ingênua de que ele está sendo apresentado a uma vida marcada por regularidades, repetições e permanências. A narrativa biográfica é uma modalidade de escrita da história profundamente imbricada nas subjetividades, nos afetos, nos modos de ver, perceber e sentir o outro.


Conteúdo _


Apresentação
Marieta de Moraes Ferreira

 

REFLEXÕES TEÓRICAS

O significado das pequenas coisas: História, prosopografia e biografemas
Durval Muniz de Albuquerque Júnior

Espelhos de palavras: Escritas de si, autoetnografia e ego-história
Wilton C. L. Silva

Escrita biográfica, escrita da História: Das possibilidades de sentido
Alexandre de Sá Avelar

 

BASTIDORES DE PESQUISA

Nas pegadas de um leão: notas de pesquisa sobre a vida de Ruy Guerra
Vavy Pacheco Borges

Escrever com imagens, filmar com palavras
Documentário e historiografia: diálogos possíveis
Ana Carolina de Moura Delfim Maciel

 

EXPERIÊNCIAS DE ESCRITA BIOGRÁFICA

Francisco de Lima e Silva na Confederação do Equador: 
Biografia e escrita da História
Adriana Barreto de Souza

De homem a personagem: 
As construções sobre Machado de Assis nas biografias
Daniele Maria Megid

Plínio Marcos e João das Neves: 
Caminhos cruzados, trajetórias, arte e engajamento no Brasil pós-64
Kátia Rodrigues Paranhos

Síndrome de Fonseca: Deslizamentos entre autor e personagem
Aline Andrade Pereira

Gregório Bezerra: O ser camponês e o tornar-se comunista
Hélio de Lena Júnior

“Grades invisíveis para rebentar”: 
Memórias de um militante de esquerda brasileiro 
sobre as prisões argentinas (1975-1979)
Benito Bisso Schmidt

Sobre os autores

 


Sobre os organizadores _

ALEXANDRE DE SÁ AVELAR e BENITO BISSO SCHMIDT são historiadores e professores que têm se dedicado à prática e à refllexão sobre a pesquisa e a escrita biográfica no campo da História. Neste livro, eles reúnem ensaios e pesquisas que mimetizam o próprio ofício do biógrafo, combinando densidade e comunicabilidade, criatividade e rigor.